O que é fake news e como identificar notícias falsas

Você sabe o que é e como identificar uma fake news. O Sleeping Giants é um movimento que faz esse trabalho de identificação das notícias falsas e de conteúdos de ódio.

Mas mais do que denunciar as mentiras, o Sleeping Giants faz campanhas para desmonetizá-las. Ou seja: para que quem propaga essas mentiras deixe de lucrar com anúncios em seus canais.

Porém, a questão aqui é: o que são as fake news e como saber se estamos diante de uma. É isso que vamos explicar agora!

Notícias falsas atentam contra a democracia

Você provavelmente já sabe disso, mas os dados ajudam a mostrar o tamanho do estrago que as fake news fazem na nossa democracia.

Segundo o Instituto Massachusetts, elas se espalham 70% mais rápido que as notícias verdadeiras. Cada postagem verdadeira atinge, em média, mil pessoas, enquanto as postagens falsas mais populares – aquelas que estão entre o 1% mais replicado – atingem de mil a 100 mil pessoas.

E quando a notícia falsa é ligada à política, o alastramento é três vezes mais rápido. E no que isso resulta? Em desconfiança sobre as urnas eletrônicas, em ataques aos poderes, em violência política, de gênero e de raça, que acaba afetando a sociedade inteira.

7 tipos de fake news

Na hora de identificar uma fake news é possível se orientar a partir dos 7 tipos de notícias falsas que são mais comuns e vem se repetindo por extremistas no Brasil nos últimos anos.

Não quer necessariamente causar mal, mas pode enganar o eleitor.

A chamada da notícia geralmente não condiz com o conteúdo apresentado.

Uso mentiroso de uma informação para difamar outro conteúdo ou pessoa.

O conteúdo é verdadeiro, mas é compartilhado/inserido em um contexto falso.

Usa-se o nome de uma pessoa ou marca, mas com informações irreais.

O conteúdo verdadeiro é alterado, para enganar o leitor.

Informação 100% falsa é construída para causar algum mal e espalhar mentiras.

Como identificar fake news

Agora que você já conhece os 7 tipos de fake news, é hora de identificar na prática as notícias mentirosas. Confira abaixo e veja como é fácil fazer essa verificação e tomar uma atitude.

CONSIDERE A FONTE

Clique fora da história para investigar o site, sua missão e contato

LEIA MAIS

Títulos chamam a atenção para obter cliques. Busque a história completa

VERIFIQUE O AUTOR

Faça uma breve pesquisa sobre o autor. Ele é confiável? É uma pessoa que realmente existe?

FONTES DE APOIO

Clique nos links. Verifique se a informação oferece apoio à história.

VERIFIQUE A DATA

Repostar notícias antigas não significa que sejam relevantes atualmente e geralmente essa técnica é usada para confundir leitores desatentos.

NÃO É UMA PIADA?

Caso a história seja muito estranha, pode ser que se trate de uma piada. Pesquise sobre o site e o autor, pode ser um conteúdo humorístico.

É PRECONCEITO?

Avalie se os seus valores pessoais e suas crenças estão afetando o seu julgamento. Fake News não é aquilo com o que não concordo.

CONSULTE ESPECIALISTAS

Pergunte a um bibliotecário, professor, pesquisador, ou consulte um site gratuito de verificação, como Aos Fatos, Lupa, Comprova e outros.

Faça parte do Clube de Gigantes

Você sabia que pode ajudar no combate à desinformação e às mentiras? Como você sabe, o trabalho do Sleeping Giants é desmonetizar quem lucra com isso. E com a sua ajuda, nós conseguimos fazer ainda mais ações.

Conheça o Clube de Gigantes e salve a nossa democracia das notícias falsas!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clube de Gigantes

Clube de Gigantes é uma plataforma de financiamento coletivo recorrente.

Ao entrar para o clube você estará apoiando a luta por uma internet mais saudável e uma democracia livre das fake news e dos discursos de ódio.

Quer saber mais sobre nossos planos, metas e recompensas?

Receba notícias

Quer receber notícias, novidades e atualizações em primeira mão?

Preencha o formulário e cadastre seu email e celular para ficar por dentro de tudo o que a Sleeping Giants tem feito contra o financiamento do discurso de ódio e das fake news!

Posts Relacionados

Entre para nossas comunidades